• R$ 59,90

    Definitivamente, o Suicidal Tendencies é uma das bandas preferidas da galera old school do skate. Sem medo de ostentar a imagem de encrenqueiros - seu nome seguidamente era associado a gangues de Los Angeles -, em 1983 o ST chegou aos holofotes mostrando seu cartão de visitas: hardcore punk nervoso com inclusões de thrash metal, estilo também conhecido...

    R$ 59,90
  • R$ 59,90

    Em 1992, o mundo da música levou um belo sacode: surgia o álbum autointitulado do Rage Against The Machine, banda californiana que bradava furiosamente contra o capitalismo e o imperialismo estadunidense.

    R$ 59,90
  • R$ 59,90

    Quando um artista transcende os ofícios de músico, compositor, escritor e cronista da vida, passando a fazer parte da cultura como um todo, há sérios indícios de que estamos diante de um gênio. 

    R$ 59,90
  • R$ 59,90

    O tipo de som produzido pela banda de New Orleans (EUA) se caracteriza pela densidade dos riffs, com afinação extremamente baixa, e pelo andamento lento das músicas, alternado com passagens aceleradas, típicas do hardcore. Tal estilo recebeu a alcunha de sludge metal ou sludgecore, e o Crowbar é uma das bandas referência dessa seara musical.

    R$ 59,90
  • R$ 59,90

    A importância da banda inglesa Cathedral para a consolidação do doom metal - e inclusive do stoner rock - é incomensurável. Tudo começou no final dos anos 80, quando o vocalista Lee Dorrian abandonou a banda Napalm Death para formar o Cathedral. Dorrian queria fazer um som para homenagear seus heróis dos anos 60 e 70, entre eles o Black Sabbath.

    R$ 59,90
  • R$ 59,90

    Alice in Chains, assim como o Soundgarden, tinha no DNA o heavy metal e o hard rock praticado nas décadas de 70 e 80, mas diferenciava-se de seus conterrâneos em alguns aspectos-chave, como a adoção dos andamentos lentos e soturnos do doom metal e a voz rasgada e ultra-emocional de Layne Staley. Reza a lenda que a famosa potência vocal de Stailey nunca...

    R$ 59,90
  • R$ 59,90

    Elvis Presley sempre foi associado à rebeldia e à sedução. Atribuir à sua imagem uma pegada mais “evil” adicionou uma nova percepção ao mito do Rei.

    R$ 59,90
  • R$ 59,90

    Desde 1991, o Clutch literalmente não parou de excursionar, de fazer shows, de gravar álbuns e de aumentar sua base de fãs. Entre apreciadores e críticos musicais, é fácil ver seu nome citado entre as melhores bandas de rock em atividade. E, mesmo com toda essa moral, os caras mantêm uma aura underground e invejável integridade artística, fatos que...

    R$ 59,90
  • R$ 59,90

    Pedra que rola não cria limo, diz o ditado popular. Será que os Rolling Stones, ao adotarem esse nome, pretendiam a imunidade contra a ferrugem e a estagnação? Intencionalmente ou não, os mais de 50 anos de carreira parecem atestar que o limo realmente não chega naquilo que não para. It's only Rock and Roll but I like it

    R$ 59,90
  • R$ 59,90

    Lemmy Kilmister é uma entidade viva do rock e do metal. Aliás, ele ajudou a fundamentar os conceitos desses estilos musicais. Seu currículo inclui as viagens espaciais do Hawkwind e a criação do gigante Motörhead.

    R$ 59,90
  • R$ 59,90

    Depois do surgimento do grupo Electric Wizard em meados da década de 90, o mundo da música pesada se tornou mais denso e assustador. Os riffs do metal nunca mais foram os mesmos. EW conseguiu assimilar os ensinamentos de mestres doom como Black Sabbath, Saint Vitus e Witchfinder General e transformá-los em algo maior, mais lamacento e mais pesado.

    R$ 59,90
  • R$ 59,90

    Em meio à horda de bandas grunge surgidas no início dos 90’s, o Soundgarden de Chris Cornell e companhia era um bicho estranho. Apesar de boa parte de seus contemporâneos venerarem o proto-punk praticado por The Stooges e MC5, a banda trazia em seus genes o blues rock + high-pitched vocals do Led Zeppelin e os riffs lamacentos do Black Sabbath.

    R$ 59,90

Siga-nos no Facebook

  • Até aonde vai a Munaya?

    A Munaya chega a todas as cidades do País. Via PAC ou Sedex, não importa onde, a caixinha vai bater na sua porta.

  • Pois não?

    Escreva para [email protected] sobre coisas que lhe deixaram feliz, curiosx ou preocupadx.

  • Pagamento

    Cartão de crédito em até 3X sem juros, boleto ou depósito, com a segurança do Pagseguro.

Qual é a moral da Munaya?

No final das contas, somos mais uma marca que se inspira na cultura pop mundial? Sim. A diferença está no ponto de vista. Falamos de guitarras plugadas e futebol, mas também de harmonia com o meio ambiente. Ao invés do hype, preferimos a relevância. Sem crises, tudo com muita leveza, discernimento e alegria. Afinal, a vida é interessante, e a beleza/feiura não está nas coisas, e sim nos olhos de quem as vê.
Pode ter certeza: as pessoas afinadas com a Munaya carregam coisas boas na cabeça.